Fragrâncias e Cheiros

0

O perfume é um artigo que faz parte do modo de vida do mundo ocidental, onde o cuidado com a beleza e a imagem é diário.

Os perfumes não são propriamente um dos cosméticos mais baratos e essa era também a situação que aconteecias no passado onde apenas as familias mais ricas podiam comprar um perfume. Nessa altura os perfumes eram usados muitas vezes com o propósito de mascarar cheiros.

Mas quais são as verdadeiras origens dos perfumes? No seu estágio inicial o perfume surge numa primeira fase na mesopotânia e também no Egipto, lugares que empurram as fórmulas dos perfumes para os seus primeiros passos e para a ccomercialização deste cosmético.

blog-023

A fórmula de criação de cada perfume recebe mais tarde novos desenvolvimentos quando o povo persa e os romanos decidem tomar nas mãos o cuidado de melhorar todos os procedimentos relacionados com a arte da perfumaria, a expansão deste cosmético fez com que comprar perfume passa-se então a ser algo que muitos na altura já fazia de forma natural.

A india também tem a sua parte numa história de experiência e conquista no universo dos perfumes, no caso da India a perfumaria estava baseada na produção de fragrâncias concentradas no incenso.

Um dos passos que permitiram melhorar e dominar a arte da perfumaria aconteceu pelas experiências de um médico e também químico chamado Avicenna.
Foi Avicenna que através de muitos testes para conseguir perceber o método de lidar com os produtos necessários para produzir um bom perfume, chega finalmente à fórmula que ainda hoje é utilizada para tratar ervas, plantas , etc, a destilação e uma das suas primeiras plantas a receber a destilação é a rosa que se torna imediatamente num sucesso entre o publico feminno.

Atualmente este produto tem um enorme mercado mundial de vendas, o perfume feminino é um dos que regista vendas superiores aos numeros obtidos pela vendas de perfumes para homem embora com a passagem dos anos esses números esteja cada vez mais perto.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *