Como trabalhar na PRF?

0

Se o seu sonho é se tornar um funcionário público e trabalhar na PRF, precisa ser aprovado no concurso Polícia Rodoviário Federal. Atualmente não há nenhum certame aberto, para se inscrever é preciso aguardar a publicação do edital e obedecer aos prazos estabelecidos nesse documento. Mas, como o concurso Polícia Rodoviária Federal sempre oferece boas vagas, com altos salários, ele é muito concorrido. Então, você precisa antecipar seus estudos para sair a frente dos concorrentes e garantir uma futura vaga.

concurso-prf

Para se candidatar a função de policial rodoviário federal é preciso ter concluído um curso de nível superior em qualquer área. Além disso, é necessário ter Carteira Nacional de Habilitação no mínimo na categoria B. Para desempenhar a função, o candidato que for aprovado no concurso Polícia Rodoviária Federal ganha o inicial de R$ 9,473,57 por mês. Mas a remuneração pode chegar a nada menos que R$ 15.839,56 na Classe Especial Padrão III. Além disso, existe um acordo com o governo de que o salário inicial aumente para R$ 9.899,88 já em 2020.

Mas para conquistar uma vaga é preciso estar preparado para desempenhar essa função. Na parte intelectual é de suma importância contar com um curso PRF que consiga encurtar seu caminho até a aprovação. Outro ponto que vai auxiliar muito a sua preparação é estudar com videoaulas e não com apostilas. Afinal, é muito mais rápido e fácil aprender contando com a explicação clara de um professor experiente. Também vale encontrar um curso PRF que disponibilize questões de concursos anteriores, assim, você aprende e já coloca o conhecimento em prática, conhecendo o nível de exigência do concurso Polícia Rodoviária Federal.

Além do curso PRF, você precisa estar preparado para o TAF. Essas três letrinhas juntas significam: Teste de Aptidão Física e assustam inúmeros estudantes. O candidato é avaliado com base em cada um dos quatro exercícios, são eles: Flexão de Barra Fixa, Impulsão Horizontal, Flexão Abdominal e Corrida. Os números exigidos são diferentes para homens e mulheres, mas sempre podem ser observados no edital. O teste é um tanto quanto desafiador, então o ideal é que você inicie a preparação para o TAF junto com os estudos para a prova objetiva. Se esperar a primeira etapa passar, talvez não haja tempo de ficar em forma e vencer o TAF. O ideal é que, para uma pessoa que já pratica exercícios regularmente, a preparação ocorra com 3 meses de antecedência ao teste, para alcançar os índices mínimos exigidos.

Então, de uma forma resumida, para você trabalhar na PRF é preciso ser aprovado no concurso Polícia Rodoviária Federal. Já para garantir a aprovação é preciso contar com um curso PRF que ensine por meio de videoaulas e disponibilize um acervo de questões de certames anteriores. Mas, não se pode esquecer da preparação para o TAF, que deve ocorrer no mínimo com três meses de antecedência a aplicação do teste. Essa é a fórmula de sucesso que vai te tornar um funcionário público, ou melhor, um Policial Rodoviário Federal.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *